Uma das tarefas que incumbe à EDIA é o desenvolvimento de planos de monitorização do património cultural localizado na área afeta às infraestruturas integradas no EFMA. A necessidade de desenvolvimento e implementação destes planos decorre do constante no Programa de Gestão Ambiental do EFMA, bem como de medidas especificas desta vertente, constantes das Declarações de Impacte Ambiental (DIA) dos distintos projetos desenvolvidos.

De salientar que os trabalhos de monitorização de património cultural cuja necessidade já foi determinada incidem particularmente nos projetos associados à construção de barragens e criação das respetivas albufeiras. Tal decorre do facto de as dinâmicas próprias destas massas de água poderem vir a provocar a alteração das condições físicas das ocorrências patrimoniais aí localizadas. Esta situação será mais crítica nas zonas onde se verifica uma maior variação do nível da água (áreas interníveis).

A este nível, o plano de monitorização de património cultural a implementar na área da albufeira de Alqueva é aquele que se afigura de maior complexidade, dada sua extensão e o vasto número de ocorrências patrimoniais aí identificado.

Pretende-se com este trabalho de monitorização, direcionado particularmente para as áreas mais sensíveis, garantir a verificação do estado do património existente, promovendo, quando necessário e dentro das suas responsabilidades, ações de proteção e salvaguarda.

Moinhos no Guadiana

Copyright 2013. EDIA - Empresa de Desenvolvimento e Infra-estruturas do Alqueva, SA