A área de influência do Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva (EFMA) caracteriza-se por ser uma região com baixa densidade populacional, com um elevado índice de desenvolvimento, a qual tem registado nas últimas décadas um decréscimo da população, com especial enfoque nas áreas de interior e do Baixo Alentejo.

Esta área caracteriza-se ainda por ser uma região muito vulnerável ao processo de desertificação e com uma grande irregularidade ao nível do ciclo hidrológico, com períodos cíclicos de seca.

Neste contexto, o EFMA constitui um instrumento de intervenção prioritário e incontornável em todo o Alentejo, com efeitos permanentes de revitalização e dinamização da atividade económica na região e de fixação das respetivas populações.

Política Ambiental
Francisco Naia

O conceito de desenvolvimento que presidiu à sua conceção apela para uma noção de desenvolvimento equilibrado e sustentável, atento às exigências ambientais e de ordenamento físico e económico da zona onde o Empreendimento faz recair a sua influência direta e indireta.

A EDIA, consciente da importância da sua missão, tem assumido, desde o início, uma política ambiental que visa fomentar o desenvolvimento sustentável na sua área de influência, bem como aprofundar, mitigar e potenciar os impactes decorrentes do Empreendimento.

 Em 2013 a EDIA definiu um conjunto de áreas, as quais considera estratégicas na implementação da sua política de sustentabilidade:

  • Gestão da água;
  • Gestão da infraestrutura;
  • Promoção do regadio;
  • Desenvolvimento Regional;

Estas áreas são complementadas com um conjunto de atividades transversais a toda atividade da Empresa.

Assim, a EDIA procura contribuir para o desenvolvimento económico e social da sua área de intervenção, suportado numa gestão ambiental adequada e proativa, com o envolvimento de todos os colaboradores, das comunidades abrangidas pela sua atividade e da sociedade.

Copyright 2013. EDIA - Empresa de Desenvolvimento e Infra-estruturas do Alqueva, SA