A EDIA tem tido, desde o início da implementação do projeto, uma particular atenção às questões associadas à vertente de património cultural, definindo linhas orientadoras e metodologias de atuação que tentam contribuir para a salvaguarda dos vestígios do passado.

Nesta vertente como noutras, a EDIA têm-se pautado por garantir o desenvolvimento sustentado dos projetos sob a sua responsabilidade, no estrito cumprimento das normativas legais e cumprindo as condicionantes ambientais, patrimoniais ou outras, que lhe estejam associadas.

Embora as questões inerentes à temática do património cultural se centrem principalmente nos trabalhos de minimização de impactes, com destaque para a realização de escavações arqueológicas, também têm sido desenvolvidas intervenções de valorização, como é o caso do projeto de investigação do povoado do Castro dos Ratinhos, localizado junto do corpo da Barragem de Alqueva.

Por outro lado, deve ser claramente destacado o vasto volume de informação que tem sido inventariado nos estudos promovidos pela EDIA e que não tem paralelo a nível nacional. Este conhecimento, pela sua clara relevância científica e patrimonial, tem trazido novas luzes sobre o passado e contribuído para uma revisão do atual estado do conhecimento científico.

A divulgação desta informação tem sido uma preocupação da EDIA, no contexto da sua relação com a região em que se insere, contribuindo assim para um melhor conhecimento da sua História. Neste âmbito têm sido desenvolvidas ações de divulgação de caráter diverso (publicações, seminários, exposições, ações pedagógicas para escolas, etc.), destinadas a públicos distintos, desde o 1º ciclo do ensino básico ao contexto académico ou outros.

A aposta da EDIA numa política patrimonial orientada para a divulgação da informação recolhida no âmbito dos estudos por si promovidos e, neste caso concreto, materializada em inúmeros vestígios da ocupação humana do espaço ao longo do tempo, poderá contribuir para o desenvolvimento de polos de atração com claro potencial turístico, os quais poderão trazer mais-valias económicas para a região.

A EDIA pretende, com esta abordagem, garantir que as populações da região tenham uma melhor perceção sobre aquela que é a sua História, contribuindo ainda para potenciar a valorização do seu património enquanto parte de uma estratégia integrada de desenvolvimento regional.

Face ao conhecimento que possui da região e dos vestígios do seu passado a EDIA é, também a este nível, um parceiro preferencial e incontornável no desenvolvimento de projetos a desenvolver.

 

 

Copyright 2013. EDIA - Empresa de Desenvolvimento e Infra-estruturas do Alqueva, SA