Olivais tradicionais, a riqueza da diversidade e dos sinais do tempo | 26 de janeiro 

24/01/2023

A conferência, de entrada livre, irá decorrer no auditório da EDIA, em Beja, e está integrada no ciclo “Terra e Paisagens no Sul”, que resulta de uma parceria entre a EDIA, a Câmara Municipal de Beja e a Direção Regional de Cultura do Alentejo e conta com o apoio da Associação para a Defesa do Património Cultural da Região de Beja e da Universidade Sénior de Beja.

Este ciclo de conferências pretende, convocando a história, antropologia, agronomia, economia e diversas outras áreas do saber, ajudar a perceber como se foi definindo a paisagem alentejana e moldadas as suas gentes. Abordar-se-á a relação entre o olival, o azeite e a cultura mediterrânica, traçando-se também uma breve viagem pela história destes olivais, desde a protocultura até à emergência dos novos olivais mais intensivos e haverá um pequeno debate sobre o que são estes Olivais tradicionais, o porquê do surgimento e diferenciação destes sistemas olivícolas, o conceito e as diferentes definições e possibilidades de leitura a partir da informação estatística.

O conferencista convidado, Pedro Reis, é Mestre em Economia Agrária e Sociologia Rural e Doutorado em Engenharia Agronómica. É Investigador Auxiliar do Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária (INIAV) e foi coordenador científico de dois projetos sobre Olivais tradicionais e autor de vários artigos técnico-científicos sobre estes sistemas produtivos.

A entrada é livre, condicionada à lotação do auditório. Poderá reservar o seu lugar através dos seguintes canais: museusembrano@cm-beja.pt ou 964 934 162 (neste caso, só de 2ª a 6ª, entre as 08h30-12h30 e 14h15-15h45).

A conferência terá transmissão em direto no canal Youtube da EDIA