EDIA LANÇA MANUAL DE COMPOSTAGEM uma solução sustentável

21/03/2022

Por ano, são produzidos na zona servida por Alqueva cerca de 1 milhão de toneladas de subprodutos orgânicos, a maior parte provenientes das 100 Milhões de árvores regadas pelo Empreendimento. Se compostados, estes subprodutos podem gerar 500 mil toneladas de composto, e assim restituí-los aos solos, melhorando a sua fertilidade.

Este Manual, encomendado pelo Ministério da Agricultura à EDIA e que contou com o contributo do Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, INIAV, pretende lançar as bases técnicas para um sector agroindustrial cada vez mais responsável e sustentável.

A criação da primeira Unidade de Compostagem pela EDIA, a URSA em 2019, na Herdade da Abobada, em Serpa, em parceria com a Direção Regional de Agricultura do Alentejo, demonstrou que a valorização orgânica é possível e a produção de composto é uma mais-valia na fertilização agrícola e no desempenho ambiental da agricultura.

A partir desse exemplo, algumas das principais unidades agroindustriais do território de Alqueva demonstraram interesse na criação das suas próprias unidades de compostagem, junto às estruturas industriais, reduzindo a pegada ecológica associada ao transporte dos subprodutos e assim aumentar o desempenho ambiental de todo o processo.

O Manual de Compostagem terá uma versão digital e pretende-se que seja criada uma constelação de unidades de compostagem em rede, dispersas pelo território agrícola, que possibilite a aproximação dos agricultores à solução de compostagem preconizada e potencie o seu efeito regenerador da qualidade do solo.

O combate à desertificação é mais eficaz com melhores solos, mais ricos em matéria orgânica e vida, que suportem uma agricultura mais sustentável e eficiente, integrada num ecossistema cada mais resiliente e em harmonia com a atividade agrícola.

  » versão para impressão: AQUI

» Aceda ao vídeo AQUI