Notícias

Notícias

EDIA disponibiliza terrenos para arrendamento

A EDIA disponibiliza para arrendamento 184 parcelas de terreno localizadas nos seguintes concelhos: Alandroal, Aljustrel, Alvito, Beja, Cuba, Évora, Ferreira do Alentejo, Moura, Mourão, Portel, Reguengos de Monsraz, Serpa e Vidigueira.

O contrato de arrendamento a celebrar, terá a duração de 11 meses, com início a 1 de outubro de 2020 e término a 31 de Agosto de 2021.
As propostas deverão ser apresentadas em carta fechada, até às 18 horas do dia 04 de setembro de 2020, nas instalações da sede da EDIA, em Beja.

» Consulte o Edital AQUI 

Consulte em baixo a localização das parcelas por concelho:
» Alandroal
» Aljustrel
» Alvito
» Beja
» Cuba
» Évora
» Ferreira do Alentejo
» Moura
» Mourão
» Portel
» Reguengos de Monsaraz
» Serpa
» Vidigueira

Ministra da Agricultura inaugurou o Parque Fluvial de Cinco Reis

A Ministra da Agricultura, Maria do Céu Albuquerque, inaugurou no passado dia 24 de julho, o Parque Fluvial de Cinco Reis, em Beja, um projeto desenvolvido pela autarquia de Beja com o apoio da EDIA.

A barragem de Cinco Reis integra as infraestruturas do Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva (EFMA) e recebe a água da albufeira de Alqueva através de um sistema de canais e condutas com cerca de 90 km de extensão, depois de atravessar 4 albufeiras, 2 reservatórios intermédios e de ser bombada em 2 grandes estações elevatórias.

O desenvolvimento desta parceria com a Câmara Municipal de Beja permite evidenciar a importância da colaboração da EDIA, enquanto empresa de desenvolvimento regional, com os municípios da área de influência do EFMA na valorização e promoção do território e respetivos valores naturais e patrimoniais.

A Ministra da Agricultura aproveitou a deslocação a Beja para, acompanhada pelo Secretário de Estado da Energia, João Galamba, visitar a Central Fotovoltaica Flutuante de Cuba Este, localizada no reservatório com o mesmo nome, e construída no âmbito do Plano Nacional de Regadios.

Esta Central, com uma potência Instalada de 1 MW, ocupa uma área com um hectare e a sua produção está dedicada à estação Elevatória que equipa aquele reservatório.

Esta estação elevatória é atualmente responsável por fazer chegar a água de Alqueva ao bloco de rega de Cuba-Este e será, com a expansão prevista, também a origem de água para o futuro bloco da Vidigueira.

» Veja o vídeo da Praia 5 Reis AQUI 
» Veja o vídeo da Central Fotovoltaica de Cuba AQUI

Venda de Energia | EDIA aceita propostas

A EDIA aceita propostas para a compra da energia excedente da produção para autoconsumo produzida nas Unidades de Produção para Autoconsumo, UPAC, das fotovoltaicas da Laje e de Cuba-Este do Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva.

Estas Unidades têm como fonte primária a energia renovável associada a Instalações Elétricas de Utilização, e destinam-se primordialmente à satisfação das necessidades próprias de abastecimento de energia elétrica às infraestruturas da EDIA aí localizadas.

O excedente produzido por estas UPACs, com uma potência nominal de 1 MW cada uma, está agora disponível para venda, aceitando-se propostas até ao dia 13 de julho de 2020.

As propostas devem ser enviadas para dmescontratacao@edia.pt

» Consulte o Programa do Procedimento AQUI
» Consulte as Condições Gerais AQUI
» Anexo I – Elementos Técnicos das Centrais  Fotovoltaicas
» Anexo II – Diagramas Carga
» Anexo III – Útimas Faturas

Novos regadios de Alqueva | Bloco de rega de Viana do Alentejo

Já se encontra em obra o bloco de rega de Viana do Alentejo, localizado no distrito de Évora, uma infraestrutura que vai beneficiar uma área com cerca de 4 600 hectares.

Deste projeto fazem parte a instalação de 36 quilómetros de condutas, 11 dos quais são adutores principais e 25 de redes de rega. Este novo bloco de rega terá ainda cerca de 2 km de redes viárias e de 31 hidrantes que servem 91 bocas de rega.
Esta infraestrutura de rega insere-se no projeto de expansão do Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva enquadrado pelo Plano Nacional de Regadios.

Recorde-se que Alqueva já equipa cerca de 120 mil hectares com infraestruturas de rega, tendo iniciado a segunda fase para instalação de mais cerca de 50 mil hectares, totalizando em 2023 uma área beneficiada de 170 mil hectares.

Nesta data estão em curso as empreitadas de rega dos blocos de Évora, Cuba/Odivelas e Viana do Alentejo, envolvendo mais de 10 mil novos hectares de regadio.

» Veja o vídeo AQUI

Recolha de damascos para Banco Alimentar | 15 de junho | EDIA

A OPTA ALENTEJO, de quem a EDIA é parceira, promove hoje, 15 de junho, uma recolha de damascos numa exploração agrícola perto de Beja, para entrega no Banco Alimentar.

A ação está aberta a todos os que queiram participar, estando o ponto de encontro marcado para as 5 da tarde de hoje, na porta do edifício sede da EDIA, na rua Zeca Afonso, em Beja.

O objetivo é recolher 500 kg de damascos que irão ser distribuídos pelo Banco Alimentar a famílias carenciadas.

A OPTA – Organização Pontual no Tempo Atual nasceu há pouco mais de 1 mês com o objetivo de constituir um “Espaço Solidário e de Partilha”, que permita auxiliar e apoiar os mais afetados pela pandemia Covid-19, tendo sido constituída uma plataforma colaborativa de trabalho em rede a que a EDIA se associou.

OPTA por Ajudar, OPTA por ser Solidário!

EDIA atualiza e expande área coberta por ortofotomapas

Já se encontram acessíveis no site da EDIA os ortofotomapas de 2019, dando assim continuidade à disponibilização gratuita dos seus dados geográficos.

Os ortos agora disponibilizados, que cobrem toda a área do Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva, EFMA, expandem-se para jusante de Pedrógão até à zona do Pomarão, junto a Mértola.

Tal como em 2017, são disponibilizados em duas coberturas, uma com cor verdadeira e outra de “falsa-cor” com banda de infravermelhos.

Estes ortofotomapas são frequentemente procurados pelos beneficiários e investidores do EFMA para implementação de projetos agrícolas, sendo igualmente uteis na gestão de uma exploração agrícola, no planeamento, em avaliações prediais, entre outras aplicações.

Estes dados podem ser redistribuídos e usados para qualquer fim, desde que se cumpram determinados requisitos, nomeadamente informação sobre a sua origem e propriedade e sobre eventuais alterações que tenham sido efetuadas, entre outros.

Ao disponibilizar gratuitamente os seus dados geográficos, a EDIA continua a apostar na promoção do desenvolvimento económico e social do espaço Alqueva.

Os Dados Alqueva podem ser descarregados AQUI

EDIA é parceira da OPTA Alentejo – Organização Pontual no Tempo Atual

A OPTA surgiu da vontade expressa de um conjunto de entidades e empresas do Alentejo, tendo como objetivo constituir um “Espaço Solidário e de Partilha”, que permita auxiliar e apoiar algumas franjas da sociedade fortemente afetadas pela pandemia Covid-19, nomeadamente o setor do comércio, turismo e cultura, micro empresas, empresários agrícolas, bem como pessoas que se encontrem em regime de layoff.

Para o efeito, a OPTA Alentejo criou uma plataforma colaborativa, lançada hoje, dia 19 de Maio de 2020 (com uma oferta diversificada de mecanismos de apoio, informação e suporte), constituindo essa a sua principal missão. 

Esta plataforma, pretende estimular o consumo de produtos e serviços no comércio e empresas locais e do Alentejo, detendo espaços para o mercado de trabalho(oferta e procura, voluntariado), espaços para a divulgação de produtos e serviços e (novas)\formas de os obter (por setores de atividade); possibilidade de uma informação e auxilio personalizado no acesso às medidas implementadas pelo governo de apoio às empresas e trabalhadores; possibilidade de acesso a cabazes alimentares contemplando ainda um espaço para novos aderentes e formas de ser solidários.

A OPTA Alentejo, está ainda acessível através dos redes sociais Facebook, instagram e Youtube Para contactar a OPTA basta dirigir email para AQUI

» Consulte a plataforma OPTA AQUI

EDIA reabre ao público Museu da Luz, CIAL e atendimento presencial a clientes

A EDIA regressa à normalidade possível, com a reabertura do Museu da Luz, do CIAL – Centro de Interpretação de Alqueva e do atendimento presencial a clientes.

Terminada a primeira fase do período de desconfinamento, a EDIA reabre alguns serviços ao público a partir de hoje, dia 19 de maio.
O uso de máscara é obrigatório para todos os visitantes, bem como a desinfeção das mãos à entrada nos edifícios, devendo ser cumprido o distanciamento social bem como o respeito pela etiqueta respiratória.
O Museu da Luz poderá receber 12 visitantes em simultâneo e o CIAL 5.
O atendimento ao balcão é feito a uma pessoa de cada vez e é solicitado aos visitantes que não toquem nas peças expostas e respeitem as orientações das colaboradoras no local.

À semelhança do Museu da Luz e do CIAL, também as instalações da EDIA de apoio ao cliente nos diversos perímetros de rega de Alqueva, poderão atender presencialmente os agricultores.
O atendimento personalizado far-se-á apenas a um cliente de cada vez, sendo obrigatório o uso de máscara e desinfeção das mãos, respeitando-se igualmente as distâncias de segurança bem como a etiqueta respiratória. Neste caso aconselha-se um contacto prévio com os colaboradores de serviço em cada edifício de apoio (Serpa; Beringel; Monte Novo e Cuba).
A EDIA e Alqueva não param. Por si, por nós, por todos.

Relatório de Sustentabilidade 2019 da EDIA já está online

O Relatório de Sustentabilidade da EDIA pretende medir, divulgar e prestar contas sobre o desempenho da Empresa junto de todos os que connosco se relacionam visando o desenvolvimento sustentável. É objetivo do desenvolvimento sustentável a satisfação das necessidades do presente sem comprometer a capacidade das gerações futuras de suprir as suas próprias necessidades.
O relatório agora disponível tem como principal objetivo comunicar o desempenho económico, social e ambiental da Empresa, bem como a evolução da atividade de exploração e manutenção da infraestrutura, e ainda os desenvolvimentos dos novos projetos durante o ano de 2019.
São integrados neste relatório, os seis Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) adotados pela EDIA, seguindo as orientações da Organização das Nações Unidas (ONU): Água Potável e Saneamento; Energias Renováveis e Acessíveis; Indústria, Inovação e Infraestruturas; Produção e Consumo Sustentáveis; Ação Climática e Proteger a Vida Terrestre.
Em 2019 Alqueva cumpriu uma vez mais o seu desígnio, fornecendo água às populações, às explorações agrícolas, ao gado e às barragens confinantes já ligadas.
Saiu também reforçada a importância estrutural deste grande empreendimento e os benefícios inequívocos de uma gestão integrada de todo o Empreendimento. A gestão integrada das redes primária e secundária, assumida como elemento essencial de sustentabilidade da empresa, do empreendimento e da região, amplia a relação de proximidade com todas as comunidades afetadas e fomenta o fortalecimento e a saúde das ligações entre as diferentes entidades.
» Consulte AQUI o Relatório de Sustentabilidade de 2019 da EDIA.

EDIA está ON | Fornecimento de água está garantido

No âmbito da evolução a situação em Portugal do Coronavírus, nomeadamente com o prolongamento do Estado de Emergência, decretado pelo Senhor Presidente da República, a EDIA mantém encerrados todos os espaços de acesso público bem como a suspensão do atendimento presencial na sua sede e nos edifícios de apoio à exploração, de acordo com o Plano de Contingência da EDIA.

Apesar destas medidas, a EDIA continua a garantir o fornecimento de água aos seus clientes bem como o apoio que até aqui tem vindo a prestar, fazendo de Alqueva o exemplo de uma agricultura solidária.

Assim, aconselha-se os agricultores clientes da EDIA a utilizarem o email e o telefone para todos os contactos, incluindo a sua inscrição para a próxima campanha de rega, dirigindo-se desta forma às equipas operacionais do perímetro de rega em causa e cujos contactos se encontram nos novos editais.

A EDIA tem a seu cargo o fornecimento de água para rega bem como para o reforço do abastecimento público e industrial. Estas medidas visam garantir o regular funcionamento deste serviço essencial para o funcionamento da nossa sociedade.

Estamos com a Agricultura. Estamos consigo!

» Consulte AQUI os editais da campanha de rega 2020

» Veja AQUI o vídeo EDIA está ON